And I think to myself...

...what a wonderful world!

Enquanto estou aqui no restaurante, vamos escrevendo. Preciso de um passatempo enquanto espero o almoço chegar. E não seria bom simplesmente escrever? Estou tentando colocar isso na minha lista de hábitos, assim como a leitura e a não visualização de vídeos mais nos intervalos da empresa. E isso está me fazendo bem.

Estava aqui, pensando, nas coisas ue mudaram e evoluíram na minha vida no passar do tempo. E em como as coisas estão diferentes desde a concepção de família, à educação das crianças ao que se encontra na internet. Fico impressionada em como as coisas mudaram em 10 anos. Fico pensando em como será daqui a 5. Acho que não vou me reconhecer como hoje.

Fico imaginando quais valores me motivavam aos 15 anos, nova numa cidade pequena sem minha família. O que motivava aos 20 anos quando estava entrando na faculdade e o que me motiva hoje aos 25 anos, numa situação única, onde só penso na minha pós-graduação, hahaha. É meio doido.

Fico pensando também no comportamento dos jovens com relação a algumas coisas que não problematizávamos. Um exemplo é do filme As Branquelas. Se pudesse eu assistia todos os dias e riria um monte com todas as situações cômicas possíveis! Foi feito num período diferente sim, não podemos nos conformar sim, mas não precisamos problematizar tudo. Faça o que fala, não é? Não adianta eu condenar um aqui se eu faço a mesma coisa depois...

Agora já em casa, alguns dias depois de começar esse texto... Já mudei um pouquinho do original, porque acontece. E surpresas estão pra chegar em breve... O foco daqui não vai mudar, muito menos minha tentativa de voltar a escrever. A leitura anda bem e enquanto o próximo episódio de Game of Thrones começa, vou me ajeitar para o início de uma nova semana.

Que amanhã seja um ótimo dia, pela graça de Deus.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.